23 de dezembro de 2014

As tradicionais borbulhas de fim de ano...

Fim do ano é festa... Pode não ter sido um ano "tão bom" do ponto de vista financeiro para muitos brasileiros, mas... FESTA é FESTA!

Como já é tradição, a equipe de degustadores da Revista Menu se reuniu no Restaurante North Grill (Shopping Frei Caneca) para degustar 60 amostras de espumantes, com preços variando de R$ 29,80 a R$ 345,45. Os espumantes cuidadosamente selecionados por Suzana Barelli contemplavam tanto os elaborados pelo método clássico (Champenoise) como pelo método Charmat, de diferentes nacionalidades, incluindo vinhos brasileiros. Todos foram degustados às cegas, e como sempre tivemos resultados surpreendentes; você pode conferir o painel na Revista Menu de Dezembro, que já está nas bancas.

E enquanto você não "degusta" a Menu, coloco aqui alguns exemplares que me chamaram a atenção:

Salton Evidence: produzido na Serra Gaúcha pelo método clássico, com 70% de Chardonnay e 30% de Pinot Noir. De cor amarelo palha, no nariz traz notas de frutas brancas e especiarias. Bastante equilibrado, com boa acidez. Chamou a atenção pelo custo benefício: R$ 50,00, na Salton.









Lírica Brut: outro brasileiro, produzido na região de Pinto Bandeira pelo método Champenoise; corte de Chardonnay com Gouveio, verdeal na cor, com notas cítricas no aroma. Na boca é simples, porém equilibrado, bastante agradável. Já foi destaque no ano passado. Por R$ 65,45 na Decanter.









Freixenet Cordon Negro: representante de um dos gigantes produtores de Cava. No aroma, notas de casca de fruta cítrica e erva doce; paladar um pouco mais rústico, mas bastante fresco, com boa acidez. R$ 76,50 na Qualimpor.












Codorniu Seleccion Raventós: outro cava de boa relação custo benefício (R$ 85,90 na Todovino/Interfood), bastante correta e com boa acidez, apesar de faltar complexidade.











Castellroig Reserva Brut Nature: mais complexa, este Cava apresenta aromas de biscoito, frutas secas e baunilha. No paladar, a acidez corretíssima é bem equilibrada ao conjunto, com longa persistência. R$ 131,00 na Grand Cru.




Luis Pato Bruto 2010: um velho conhecido e apreciado há tempos. Elaborado com 90% de uma uva tinta, a baga ("domada" com maestria por poucos, como Luis Pato) e 10% de Maria Gomes, este espumante português da Bairrada tem cor rosada de média intensidade, complexidade aromática (remete a especiarias, couro novo e uma nota vegetal/silvestre) e boca bastante equilibrada. Muito gastronômico.
Sai por US$ 39,90 na Mistral.






Murganheira Rose Bruto 2007: da região de Távora -Varosa, norte de Portugal, vem este excelente rose, que utiliza Tinta Roriz, Touriga Franca e Touriga Nacional para compor o blend. Cor salmão, com aromas que remetem a frutas vermelhas, bala toffe (caramelo) e fermento. Conjunto equilibrado, com longa persistência e também bastante gastronômico. R$140,00 na Epice.



São diferentes faixas de preço, mas todos você pode beber com grande prazer! Mais dicas de espumantes para as festas no próximo post! Feliz Natal!!!

Um comentário: